José Simão, da Folha, causa revolta ao dizer que Silas Malafaia e Marco Feliciano deveriam se casar: “As Pastorinhas”

José Simão, da Folha, causa revolta ao dizer que Silas Malafaia e Marco Feliciano deveriam se casar: “As Pastorinhas”
O jornalista José Simão, conhecido por suas colunas de humor no jornal Folha de S. Paulo e também na rádio Band News FM, fez uma crítica ao pastor Silas Malafaia por sua postura contrária ao casamento gay.
No texto publicado na edição de domingo da Folha, Simão afirma que não há motivos para que o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo se oponha de maneira tão incisiva contra o casamento gay, pois a legalização não o torna obrigatório.
“Avisa pro Malafaia, ops, Malafeia, que casamento gay é opcional, casa quem quer. Ele tá muito nervoso”, escreveu o jornalista.
Simão sugeriu ainda que o pastor Malafaia se casasse com o também pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP). “É melhor ele se casar com o Feliciano. Ao som da marcha-rancho ‘As Pastorinhas’. Malafeia e Infeliciano, as Pastorinhas!”, disse, fazendo referência à marchinha de carnaval de Noel Rosa.
Anteriormente, no ápice da polêmica em torno da eleição de Feliciano para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), José Simão apelidou o pastor de “namoradinho do Brasil”, ironizando a quantidade de protestos que eram realizados contra ele.
O teor do humor feito pelo jornalista não é unanimidade, e alguns internautas criticam a abordagem de Simão: “Sempre ouvi o José Simão no rádio, mas nunca li a coluna. Hoje li e fiquei chocada. Parece uma criança de seis anos escrevendo”, criticou a usuária Denise Dambros, em seu perfil no Twitter.
Já Tiago Oliveira foi mais enfático em seu repúdio ao jornalista: “Isso é uma palhaçada, uma vergonha e uma falta de respeito, o que tu plantas hoje cidadão tu vais colher!”.
Fonte: Gospel+

Compartilhe este artigo: :

+ comentários + 2 comentários

24 de fevereiro de 2014 03:32

Achei totalmente infantil a reação dele contra os pastores. É verdade que casamento gay é opcional, como ser cristão também. A palavra de Deus é verdadeira e bem clara. Para de ser infantil e comece a ser verdadeiro e sensato. Vai crescer João Simões!

24 de fevereiro de 2014 03:33

Achei totalmente infantil a reação dele contra os pastores. É verdade que casamento gay é opcional, como ser cristão também. A palavra de Deus é verdadeira e bem clara. Para de ser infantil e comece a ser verdadeiro e sensato. Vai crescer João Simões!

Postar um comentário

 
Support : Template Para Blogspot
Copyright © 2011. Sou + Evangélico - All Rights Reserved

Proudly powered by Blogger